Notícias

SESC COMUNIDADE CANTÁ/ Equipes avançam nos trabalhos prestados a população
27 DE MARÇO DE 2019

 — Foto: PEYXOTINHO/ASCOM/CANTÁ

— Foto: PEYXOTINHO/ASCOM/CANTÁ

✔As equipes do social, da cultura, meio ambiente e saúde intensificaram os trabalhos sociais e serviços gratuitos prestados a população. A programação, que resultou da parceria feita entre a Prefeitura e o Sesc, prossegue até o próximo sábado. Os trabalhos das equipes instaladas na escola Tia Ercília entraram em seu terceiro dia, com a oferta principalmente de serviços de saúde. Apesar do ritmo frenético dos atendimentos, os médicos, psicológicos, enfermeiros, dentistas e outros especialistas da Prefeitura não dão trégua para o cansaço. Nesta quarta-feira, foram realizados 78 atendimentos na área de clínica geral, 80 odontológicos,18 preventivos, bem como seis consultas psiquiátricas. Além disso, foram prestados nove atendimentos psicológicos, emitidos 42 cartões do SUS, feitos 28 testes rápidos e 38 imunizações. Desde o início das ações, os pacientes saem das salas de consultas contentes por conseguirem ser atendidos com rapidez e eficiência. Além das salas da escola Tia Ercília, os departamentos da secretaria de saúde são usados para atender as pessoas. No prédio, são feitos os preventivos e emitidos cartões do SUS para os usuários. Na parte da cozinha é feita e depois servida toda a alimentação do pessoal que está trabalhando. Na programação voltada às crianças, a novidade foi a dinâmica com teatro de fantoches e vídeos falando sobre bullying, que contou com a participação de quase 100 alunos da escola Tia Ercília, ao longo do dia. A técnica de referência do CREAS, Priscila Delarmelina, tenta conscientizar as crianças de que o bullying não é "legal", dentro da abordagem sobre violação de direitos. Outra atuação de destaque feita pelo Creas ocorreu terça-feira, com roda de conversa após exibição de vídeo para 45 crianças, falando sobre abuso sexual infantil. A programação desta quinta-feira promete ser agitada. Haverá stand sobre educação em saúde com foco em malária. Segundo a coordenadora da Atenção Básica de Saúde, Neila Denise, serão distribuídos na ocasião 150 repelentes para os primeiros que visitarem o local. Outro stand é o da vida saudável com palestra sobre diabetes, hipertensão arterial, etilismo e tabagismo. "Convocamos toda a população do Município de Cantá para prestigiar a nossa programação", afirmou. Para a realização do projeto Sesc Comunidade, mais de 50 servidores de diversas instituições estão envolvidos na ação, como dentistas, agentes culturais, educadores, palestrantes e profissionais que auxiliam na logística. O coordenador do Núcleo de Assistência e Saúde do Sesc, Wagner Farias, explicou que para ter acesso aos atendimentos não é necessário fazer inscrição. No entanto, é preciso apenas que o interessado apresente documento de identidade, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF).